top of page

SEDUC APRESENTA PROGRAMA DE ACOLHIMENTO SOCIOEMOCIONAL PARA COMUNIDADE ESCOLAR E FAMILIARES

Atualizado: 3 de ago. de 2021


Acolher sempre foi uma característica predominante na figura do professor, diretor escolar e dos pais, mas hoje, diante dos impactos e transformações no nosso modo de vida e de trabalho acarretados pela pandemia de COVID-19, acolher e receber acolhida tornam-se dinâmicas cada vez mais presentes e necessárias nas nossas relações.


Diante dessa complexidade da educação frente a pandemia em que vários fatores afetaram fisicamente, psicologicamente, professores e comunidade escolar, a Prefeitura de Entre Rios, através da Secretaria de Educação, apresentou em dias diferentes, para evitar aglomerações, aos pais e, ontem, terça-feira (20), aos gestores escolares, o Programa ACOLHER.


O Programa foi apresentado pelas Coordenadoras, as psicopedagogas, Rosangela Ferreira, responsável pelo Núcleo Acolher/Multidisciplinar ao estudante da rede pública municipal que já vem recebendo atendimento e, por Sandra Rabelo, responsável pelo Projeto AcolhidaMente, apresentado oficialmente aos gestores escolares e será voltado a cuidar da saúde emocional dos profissionais de educação e familiares dos estudantes.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Ambos os projetos, tem como proposta a Gestão das emoções, ao promover um espaço de acolhimento e escuta dos sentimentos e emoções de todos os envolvidos no processo educacional. O programa contará com uma equipe multidisciplinar composta por Psicopedagogos, Psicólogos, Fonoaudiólogos, Assistentes Sociais, Arte terapeutas, dentre outros. Entre as ações a serem desenvolvidas, estão a reflexão sobre o acolhimento, práticas de autocuidado, rodas de acolhimento, entrega e recebimento dos questionários aos educadores. Em caso de identificação de questões de saúde e assistência social contará com a parceria das respectivas secretarias.


Para a secretária de Educação, Socorro Aquino a implantação do programa é fundamental para cuidar da saúde mental de todos os envolvidos no processo educacional nesse período pandêmico e pós-pandêmico: “Estamos vivendo tempos difíceis, são muitas mudanças acontecendo e não temos o hábito de cuidar da saúde mental. Nossa preocupação é que esse programa venha trazer esse acolhimento emocional. Estamos montando uma equipe multidisciplinar preparada para atender as necessidades de cada um”, acrescenta a secretária.

Comments


veja também

ANUNCIE.png
bottom of page