top of page

Anvisa aprova por unanimidade uso emergencial de vacinas contra Covid-19 no Brasil.

Atualizado: 19 de jan. de 2021




Todos os cinco diretores do órgão regulador votaram a favor da aplicação da CoronaVac e do imunizante de Oxford, mas recomendaram que fármacos sejam acompanhados.


Após a aprovação do uso emergencial pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), a enfermeira Mônica Calazans, de 54 anos, foi a primeira pessoa a ser vacinada contra a Covid-19 no Brasil. Ela recebeu o imunizante Coronavac, desenvolvido no país pelo Instituto Butantan, no Hospital das Clínicas de São Paulo, neste domingo (17).


Mônica foi a vencedora do prêmio Notáveis CNN em 2020 pela sua luta contra o coronavírus.


E uma grande conquista para ciência

Comments


veja também

ANUNCIE.png
bottom of page