top of page

Caso Emanuel: criminoso poderá responder em liberdade caso pague fiança



Desde o final de abril a cidade de Cardeal da Silva e municípios circunvizinhos se mobilizaram nas buscas pelo jovem Emanuel que havia desaparecido na noite de 20/04, uma quinta feira, quando saiu de sua residência e desde então a família não tinha notícias de seu paradeiro.


Buscas ocorreram por toda região, mobilizando diversas pessoas e instituições, infelizmente o desfecho da procura de quase 30 dias ocorreu ontem, com um triste fim. Foram colhidos 12 depoimentos de familiares de Emanuel e pessoas próximas à ele, até chegar no suspeito que chegou a pressionar e coagir testemunhas ouvidas pela delegacia e apresentou contradições no seu depoimento.


Segundo a Polícia Civil, o corpo do garoto foi localizado ontem (17/05), quarta feira, na cidade de Cardeal da Silva, em uma mata no povoado de Umbaúba, pertencente ao município. No local, foram encontradas duas covas rasas contendo na primeira tronco, cabeça e braços e na outra as pernas.


A Polícia revelou que o suspeito pela ocultação do cadáver foi detido e confessou ter desmembrado o corpo do jovem para enterra-lo. O objetivo do investigado era evitar acusações de homicídio doloso, quando a intenção de matar. A policia decretou sua prisão preventiva e estipulou fiança no valor de R$50.000,00 (cinquenta mil reais).


O suspeito alegou que o jovem possivelmente morreu de overdose, por consumo de uma solução química produzida pelo investigado numa mistura de Codeína, Dimorf e bebida alcoólica. Na investigação viu-se relação de amizade/afetiva entre o investigado e a vítima, eles saíam juntos para beber, bem como já dormiram na mesma casa.


O investigado alegou que permaneceu com o corpo em sua residência durante 2 ou 3 dias até decidir o que fazer com o corpo e leva-lo de moto as covas.


Fonte: Brisamar FM



Comments


veja também

ANUNCIE.png
bottom of page